terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

Sonia - Bellydance Superstars

Claro que ela é uma das melhores do grupo BDSS atrás da Jillina e da Amar Gamal, NA MINHA OPNIÃO, ela tem uns trabalhos de quadril bem legais mas nada de novo, simples que dá pra ser trabalhado tranquilamente, mas confesso que o que mais me chamou a atenção foi a expressão dela depois de um certo momento da música você vê, claramente, que ela está no limite dela, ela tá cansadíssima e não disfarça.
Adorei o que ela faz com o quadril agachada, marcando os 4 pontos do redondo malabarista, 3:43, bastante interessante e não me lembro de ter visto isso em dança de outra bailarina, mas não gosto que ela dança com os joelhos muito flexionados, mas pelo menos ela mantem a postura e também não gosto que ela se desloca com a perna muito aberta, perde quadril e tempo da música.
Mas fica aí as dicas de estudo pra vocês.

Sonia

Dançando em casa - Variações de Arabesque

O que o pessoal menos imagina é que o arabesque vem do PÉ, sim sim... é do pé que ele vem, mas é do pé base!!!
Então eu posso fazer o que eu quiser com os meus braços, desde que eu mantenha a postura, costela fechada, tronco alongado para cima e basta!
Não tem nada a ver essa estória de abrir costela porque você vai empinar o bumbum COM CERTEZA, por uma questão de equilíbrio mesmo porque senão você dá de cara com o chão!
O que você pode fazer?
1º Pode levar o braço da perna base a frente do seu peito e vá levantando pela diagonal, e sempe como se estivesse segurando uma bola com esse braço;
2º Pode descer os braços ao lado do corpo quando estiver fazendo o arabesque, uma coisa bem menina-delicada;
3º Colocar a outra perna junto a perna base como um passê, sempre fazendo ponta e delicadíssimo.
4º Quando for fazer o arabesque levante ao máximo a outra perna, e levando-a na lateral.

E essas são algumas variações de arabesques!

Sasha Holtz

Esse vídeo foi novidade por meses e meses, e ainda é... me lembro das minhas colegas de estudo comentando na sala sobre um vídeo com uma música maravilhosa e forte e a leitura de uma bailarina.
O que eu acho legal nesse vídeo da Sasha é que tem várias coisas que podemos estudar, aplica-las de uma outra maneira, desde dos "tchans" as coisas mais simples, é uma das apresentações mais ricas que tem, acho muito legal um básico que ela faz aos 1:32, não sei como ela se movimenta, não sei como ela trabalha com o quadril pois dá pra ver claramente que não vem do pé esse deslocamento.
Dou destaque também aos seus deloscamentos, são muito variados, muito ricos e uma outra coisa também que eu quebrei muito a cabeça foi o tremido na ponta do pé, 7:36, pois ela não aparenta tirar o pé do chão e sim desliza-lo no chão, e o quadril treme muito, eu gostei muito.

domingo, 21 de fevereiro de 2010

Sadie

Quantas vezes eu não escutei as alunas comentando comigo com relação a Sadie, uma bailarina americana, e de fato ela sabe como prender a atenção do público pra ela, mas tem coisinhas sobre ela que não me agradam.
Ela só dança com os joelhos flexionados, também só faz passos de efeito, não tem a dança do ventre de verdade com básico egípcio, oitos, redondos, ondulações, trabalho de braço, suavidade, graciosidade, não tem absolutamente nada disso. Só se vê passos com breaks, tranco, sobe e desce o movimento, treme pra um lado, treme pro outro, treme a pupila, mas dança do ventre necas!
Não significa que não tem coisa a se estudar na dança da Sadie, lógico que tem, mas eu daria uma modificada, uma alongada na perna, deixa mais sofisticado bora dizer assim, de vez fazer um passo agachada como ele fica se eu me alongar? Se eu encaixar o quadril? Se colocar um braço?


Maquiagem

Saida

Nunca falei sobre a Saida no meu blog, ela é uma bailarina 8 ou 80 ou amam loucamante e cegamente ou a odeiam para sempre!
Não conheço nenhuma pessoa que seja meio termo, e olha que eu conheço gente a beça!
Então, ela tem um estilo diferente do que se é estudado aqui no Brasil, ela usa bastante o balé (não que não tenham outras bailarinas brasileiras que não usem o balé, tem sim e muito!!!) mas ela faz isso de um jeito mais exagerado, passando a perna quase que do lado da orelha. Ela também é mais dramática que vem do tango mesmo, essa paixão ao extremo. E a Saida tem uma enorme influência aqui no Brasil, você percebe claramente nos vídeos pelo youtube pessoas que a copiam de fato e pessoas que estudam seus passos e suas danças, SER CÓPIA E ESTUDAR ALGUÉM SÃO COISAS COMPLETAMENTE DIFERENTES!
Eu confesso que eu gosto dela, ela tem uns "tchans" bem legais de serem estudados, mas eu tiraria a força e diminuiria a perna pra deixar mais a minha cara, adoro a produção dela pra se apresentar e dar aulas... muito chique!!! E tem que ser assim mesmo, pois seu corpo, tua cara são o teu cartão de visitas. É importante se arrumar, cabelo cheiroso e bem cuidado, usar perfume e desodorante, escovar os dentes, usar um enxaguante bucal, unhas pelo menos cortadas e limpas se forem longas estarem bem feitas e cuidadas, roupa de aula legal também, um chale de quadril bonito e limpo, pode parecer besteira mas alunas repara TUUUUUUUUUDO ISSO!
Enfim, voltando a parte técnica... eu vi um vídeo que eu fiquei passada, a meninas era completamente fã da Saida só faltava uma carimbada na testa escrito isso, e até aí tudo bem, o problema é que de vez dançar dança do ventre ela só se deslocou, pernas e mais pernas, giros e mais giros, e pouquíssimos são as técnicas de quadril e ela supostamente estaria dançando dança do ventre, esse é o perigo de estudar a Saida.
Ela tem deslocamentos divinos e umas coisinhas com o quadril perfeitos, mas os deslocamentos dela e o exagero são tão incríveis que a pessoa vicia sem perceber, então meninas muito cuidado!


Saida

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010

Dandash

Não era fã dela, na verdade nunca tinha parado de fato e de direito pra assisti-la e ver como é a sua dança, mas me rendi aos seus encantos, sua batidas secas e tão precisas, e a força muscular que ela tem?! É incrível! E que quadril é aquele?
Não é uma bailarina que eu vejo o pessoal comentando que a estuda, que gosta, realmente isso é muito difícil, mas ela encanta com sua delicadeza e precisão!

Maquiagem

Aqui está o link do vídeo da maquiagem.

http://www.youtube.com/watch?v=giNO2tSn-U8&feature=player_embedded

Dançando em casa - Sambinha ou Contra tempo 1,2,3

É um dos passos básicos da dança do ventre e um dos mais usados para deslocamentos simples, seja clássica, ou moderna, ou percussão ou folclore, não importa todos usam!
A base desse passo é:
Com as pernas juntas pise atrás passando todo o peso (1), depois volte o peso todo para frente (2), e passe-o de novo parar trás (3), e a perna que está na frente passe-a para trás e volte para o 1. É SÓ ISSO!
As dicas são, não abra demais as pernas senão você perderá elegância, agilidade, qualidade e QUADRIL; o peso tem que ir de acordo com a pisada, se você pisa atrás é atrás que o peso deve estar, ou ele estará em uma perna ou em outra, NUNCA NAS DUAS.
O sambinha mais comum é o com a batida lateral, você não precisa fazer absolutamente nada, só deixar o quadril beeeem molinho e fazer a transferência de peso certinha.
Uma variação é com o camelo normal, só que você começará o camelo por TRÁS, e também tem com o oito para trás e com o camelo invertido, essas variações explicarei em outros posts! =)

Works Internacionais

Aeeeeeeeeeeeeeeeeee!!!
Finalmente o ano está começando de fato e de direito, acabaram-se as férias, carnaval já passou então temos que voltar ao batente!
Soube de vááááriiiiiiiiiiios works internacionais que estão pra acontecer nesse primeiro semestre, só assim podemos aprender um pouco mais do verdadeiro estilo egípcio, leitura diferente (porque elas TEM!), a noção corporal também é outra. Sei que hoje em dia temos DVDs e VCDs, e o nosso amadíssimo Youtube, mas nada se compara ao "ao vivo e a cores", porque nem tudo o que vemos nos vídeos de shows é aquilo que pensamos que seja, por isso eu acho de extrema importância estamos sempre em contato com bailarinas de fora do país, pra dar uma clareada na coisa, nos ajudar, não é desmerecendo as nossas bailarinas, pois temos bailarinas lindíssimas e maravilhosas, mas por que não assistir ao vivo uma internacional de vez em quando?!

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

Shahdana

Nunca tinha ouvido falar nela, foi uma amiga (Grazy) que me indicou os vídeos, ela é aluna da Saida (Argentina), os estilos se lembram. Da Shahdana eu adorei o alongamento, os redondos e a leitura, ela é maravilhosa!!!

Maquiagem - Make up

terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

AVISO!


Oi meninas!

Gostaria de saber as opniões e sugestões de posts para vocês.
Gostariam de estudarmos uma bailarina por mês? Ou por dois meses?

Gostariam de estudar estilos? Ritmos? Moda? Tendências?

Gostariam de estudar e divulgar trabalho de professoras e bailarinas brasileiras que estão escondidinhas por aí? Bailarinas que estão aparecendo agora e serão as futuras ídolas do mundo da dança do ventre. Compartilharmos técnicas novas e novas linhas de estudo. Falarmos também sobre os famosos figurinos que ou nos encantam ou desperta o nosso pior lado, falarmos sobre os cursos que terão durante o ano, e os altos investimentos que temos de fazer, falarmos sobre as profissionais no mercado nacional e internacional. Falarmos e estudarmos muito folclore!

Já tenho algumas idéias pra movimentar mais ainda o blog neste ano de 2010, deixa-lo mais interessante e para funcionar, também, como uma ferramenta de estudo para todas.

Em março o blog aparecerá de cara nova, com muitas novidades!

Ritmos

Eu, ontem, conversando com a minha amiga Ísis, estavamos falando sobre Andaluz e aproveitei e fui procurar informações pela internet, e eu estava olhando a comunidade "Fanáticas por Dança do ventre" (é uma comunidade bastante interessante, sempre tem novas informações, vídeos, etc.). E acabei encontrando vários posts sobre rítmos e é muuuiiito difícil encontrarmos informações sobre rítmos então resolvi colocar aqui pra vocês.


Ritmo - Ayubb/Zaar (compasso 2/4)
DUM tákáDUM Tá...
DUM káDUM Tá...

Ritmo - Malfuf ( compasso 2/4 )
DUM kákáTá kákáTá.....

Ritmo - Saudi/ Khaleegy (compasso 2/4)
DUMkákáDUMkákáTáká... (Sequência sem intervalos)
DUMkákáDUMkákáTÁká... (Inserção da batida “TÁ”)
DUM Ká DUM kátáká..( Representação com intervalos curtos)

Ritmos - Saaidi ou Saiid
Saaidi ( compasso 4/4)
DUM Tá tákáDUM DUM tákáTá táká...

Ritmo - Masmoudi ( compasso 8/4) *São possíveis variações do rítmo Masmoudi
DUM DUM tákátákáTá DUM tákátákáTá tákátákáTá táká........
DUM DUM tákátákáTá ká DUM tákátákáTá tákátákáTá ká.......
DUM DUM tákátá Tá DUM tákátá Tá tákátá Tá.......
DUMkátákáDUMkátákátákátákáTákátákáDUMkátákátákáTátátákátákáTá..
DUM DUM tákátákáTá tákáDUM tákátákátá tákátákáTá táká....
DUM DUM DUM Tá DUM Tá Tá.....
DUM DUM DUM tákáTá DUM tákátákáTá tákátákáTá....

Ritmo - Maqsoun ( compasso 4/4 )
DUM tákáTá DUM káTá táká....

Ritmo - Baladi ( compasso 4/4 )
DUM DUM tákáTá DUM tákáTá táká....
Baladi (Clássica Egipcia) ( compasso 4/4 )
DUM DUM ká KÁ DUM ká KÁ táká.....

domingo, 7 de fevereiro de 2010

Desânimo

Estava lendo um texto da Débora Sabongi sobre desânimo na dança, e isso é muito mais comum do que se imagina.

Eu diria que no mínimo passamos por isso 1 vez ao ano, se bobear passamos muito mais vezes, normalmente isso acontece quando estamos na TPM, hahahahahahhahaa, mas também acontece em outras épocas, temos que pensar o porquê desse sentimento, dessa vergonha, o que te desânima.

É lógico que algumas terão mais facilidade em alguns movimentos que outras, não significa que você é desajeitada, atrapalhada e está perdendo o seu tempo com a dança, isso não tem absolutamente NADA A VER!

O seu corpo não está acostumado a esses movimentos, a se mexer assim, você nunca pensou em trabalhar teu corpo desta maneira, então dê uma oportunidade a dança, ao teu corpo, e principalmente A VOCÊ MESMA! Se conheça, se dê essa oportunidade, você pode se surpreender, e MUITO!

Eu confesso que eu sou completamente desajeitada, é lógico que eu apanhei com alguns passos como qualquer menina que está começando agora e como também as grandes bailarinas atuais, tivemos que suar muito, ralar muito e quebrar muito a cabeça pra estarmos aonde estamos hoje porque, infelizmente, não existe uma fada madrinha que com sua varinha nos concede um desejo como nos contos infantis, chegar em você e dizer "Tenha um tremido perfeito!" e depois do pó de piripimpimpim, pronto, você tem o melhor tremido do mundo, NUNCA, você vai ter que ralar muito!

Então, não desista, não se dê por vencida! Você pode ter uma super bailarina dentro de você e você não sabe!

sábado, 6 de fevereiro de 2010

Nadia Gamal

Uma bailarina libanesa que não é tão estudada, que eu saiba, pelas brasileiras e também vejo poucos vídeos dela tanto pra vender quanto na internet, o que é uma pena, com sua dança irreverente e sensual, um quadril maravilhoso, super charmosa e elástica, e nesse vídeo em especial vemos vários passos que bailarinas como Soraia Zaied usam também. A qualidade do vídeo não é das melhores, pois foi tirado de uma fita muito antiga e quando passou pro youtube perdeu o restinho da qualidade que tinha, mas fica aí o vídeo e dá pra termos uma boa noção do quão maravilhosa ela era.

Lucy

Um pouquinho de folclore pra estudarmos... Lucy dançando saii, vários passinhos, leitura, já que são tão poucos os vídeos de folclore pela internet.

Maquiagem - Make up

Dançando em casa - Mona

Especialmente para a Aleandra!
Há um tempão atrás a Ale me pediu pra desvendar o que a Elis Pinheiro fazia em alguns vídeos dela, isso porque estavamos conversando na recepção do studio em um sábado e estavamos falando de técnica de quadril com referência as bailarinas antigas, principalmente.
E ela tinha dúvidas com relação a alguns trabalhos de quadril que a Elis Pinheiro faz, de onde vem, o que são, como fazê-los principalmente, então vamos lá!
Esse é o passinho, que particularmente, eu chamo de Mona, devido a bailarina egípcia Mona Said.
Alongada, com o peso nas duas pernas arraste um pouquinho uma das pernas para trás SEM PASSAR O PESO, mantenha-o na perna da frente. Quando você for passar o peso para perna de trás você fará o cóccix, ou seja, pense em virar o seu quadril de modo que a pélvis fique para cima (como o Michael Jackson fazia, aquele movimento clássico de quadril) e desloque um pouquinho a perna da frente pra uma das laterais a sua escolha e volte o peso pra perna da frente sem projetar o quadril. Eu, particularmente, prefiro trabalhar com a perna da frente contrária ao lado que eu estou indo, ou seja, se vou para ESQUERDA a perna que estará a frente é a DIREITA e vice-versa.


Elis Pinheiro - 1:06

Super Cursos!

Estava viajando nesse mês de janeiro então estava completamente afastada da dança, mas só com relação a eu dançar e não sobre deixar de estudar, e confesso que eu estou numa abstinência doida da dança, meu corpo pede e precisa dançar e estou superultramegaplus animada, anciosa para 3 super cursos que terão esse ano Gamal e Lulu.
O Gamal é um coreográfo egípcio, um professor perfeito! A aula dele é simplesmente perfeita, animada, interativa, e com muuuuuuuuuuuuiiiiiiiiita informação... ele me ajudou muito a rever algumas coisas sobre a dança, maneira de dançar, de interpretar, de ler a música, ADORO! Confesso que de início eu fiquei com receio de fazer a aula dele, já que eu tive que me deslocar até São Paulo e era um gasto a mais, não planejado, mas foi a melhor coisa que eu fiz!
A Lulu Sabongi é sem comentários, uma bailarina maravilhosa, e uma professora muito prestativa, disposta a nos ajudar, e o que eu acho o máximo dela é como ela consegue enxergar nossa dança, não só agora mas a frente também, me deu conselhos preciosíssimos que me ajudaram e me fizeram crescer muito.
Então fica aí a dica pra vocês, pois não é sempre que temos dois professores maravilhosos, isso é muuuuiiiiitooo raro!
Estou animadíssima, bora bora bora?????
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...