quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

Dançando em casa - Souher ou Soldadinho

Eu me lembro muito bem, aprendi esse passo em um workshop que a Kahina deu aqui em 2005, foi em uma seqüencia de música clássica. Nossaaaaaaaaaaaaaaaaaa, quase tive um troço quando eu vi o passo, nunca tinha feito na minha vida, nunca tinham me explicado, era inédito e eu não queria fazer feio no workshop.
Temos que pensar nos ossinhos do biquíni, os ossinhos do quadril aonde fica o cinto da dança, esses aí mesmoooooo! E pensamos em fazer uma gangorra com eles, SÓ QUE a intenção DEVE SER PARA BAIXO só que o peso fica também na perna que você está trabalhando o ossinho, e o quadril deve estar SEMPRE encaixado senão você não terá o efeito desejado, senão o efeito ficará todo no bumbum.
O souher ou soldadinho, pode ser feito tanto com o pé no chão como na meia ponta, depende da leitura e do que a bailarina quiser fazer, penso no passo como se eu estivesse numa fila de banco. enoooooooorme, e cansei aí o que fazemos? Relaxamos uma perna e os ossinhos ficam desalinhados né!? Só que a perna que desce fica também com o peso. É um movimento chato pra se estudar, mas o efeito dele é lindo e é um passo que aumenta a dificuldade de acordo com que você evolui na dança, ele tem váááárias variações.

Souher Zaki - Ela faz o passo em 0:34/35

Último dia do ano!

Credo, como esse ano passou estupidamente rápido!
É um momento de reflexão, pensarmos como foi o nosso ano, quais eram os nossos objetivos no começo do ano, nossas metas, aquilo que queriamos alcançar. Conseguimos? Se não, o que aconteceu? Você realmente lutou por aquilo que queria ou fez como diz a música de Zeca Pagodinho "Deixa a vida me levar, vida leva eu"?
E o que queremos pro próximo ano?
Eu ainda não parei pra pensar sobre isso, eu confesso, mas irei pois acho importante pra darmos rumo a nossa vida, ao novo ano que começa. Não precisamos prometer nada a ninguém, e muito menos falar quais são os nossos planos, até mesmo não gosto disso pois o que não falta no mundo é olho grande e inveja, gente desejando te ver derrotada, eu acredito muito nisso!
Sei que nesse ano eu ganhei amigas maravilhosas, alunas maravilhosas, e que são super especiais na minha vida, amei esse presentão! Também tive decepções com algumas pessoas, normal, assim vemos quem realmente nos quer bem e quem não, e eu acredito no ditado "antes só do que mau acompanhado!", e também se não houvessem os baixos momentos não saberiamos o que é a verdadeira felicidade!
Tive uma vitória pessoal muito grande nesse ano, a aprovação na Khan el Khalili, ainda não vi minhas notas, mas dancei tranquila, e o melhor foi escutar aquilo que a Lulu Sabongi me disse, não tem preço! E tive a ajudinha de algumas pessoinhas, 2 em especial que me fizeram enxergar a dança de uma outra maneira e soltaram meu quadril, flores adoro vocês!
Esse ano também conheci outra pessoa com a qual quero fazer algumas aulas, pois também me abriu muito os olhos, me fez enxergar a minha dança assim como ela é exatamente!!! Tirou minhas neuras, mas confesso que surtei depois de uma bronca (hahahahahah), e me fez aprender a curtir enquanto eu danço, ser livre assim como a dança pede na minha opnião, viver aquele momento.
Sei também que eu consegui passar isso pras minhas filhotas, pois elas confessaram isso a mim, e fiquei extremamente feliz com essa nossa vitória!
Parabéns a todas, feliz ano novo, muita saúde, paz, felicidades, alegrias, conquistas, vitórias, realizações, que Deus as abençoe muito nesse próximo ano!
Saudades de vocês, meu Brasil Brasileiro! E que venha 2010!!!!

Didem

Bailarina Turca, tem 23 anos, e era completamente analfabeta até pouco tempo atrás.
A vi porque alguém comentou de sua dança pra mim, mas não a tinha visto dançar ainda, não é uma dança rica de movimentos, uma leitura musical belíssima e perfeita, mas tem várias coisinhas que podemos aproveitar de sua dança e quebrarmos esse lance de assistir somente as mesmas bailarinas. Existem várias bailarinas, vários estilos, vários passos e o triplo de variações, então bora aproveitar!!!

Maquiagem - Make up

Dançando em casa - Tremido Nagwa Fouad

É um tremido completamente diferente e parte apenas do quadril, do domínio que a bailarina tem do quadril dela apenas!
É usado quando e derback faz um som mais abafado, seja acelerado seja lento, desde que seja abafado, mais grave, então usamos esse tipo de tremido.
O tremido é feito apartir do quadril sempre no ísquio e cóccix, você projeta o quadril e encaixa-o, projeta o quadril e encaixe novamente, e vá acelerando aos poucos até você conseguir manter numa velocidade legal. É parecido com um passinho de axé, SÓ QUE você NÃO IRÁ desencaixar o quadril, ou seja, empinar o bumbum, o quadril É PRA FRENTE!
Tem que ter cuidado pra não refletir no tronco, senão vai ficar uma coisa muuuito estranha e não vai ficar legal, somente QUADRIL.

Nagwa Fouad - Ela faz o tremido em 3:50

CDS e DVDS

ADORO quando eu venho visitar o meu namorido porque finalmente posso comprar cds de dança. Siiiiiiiiiiiim, encontro cds originais de dança do ventre aqui, os primeiros que eu comprei foram Jalilah's 3 e 6, nossa, foi um feito histórico, muitas professoras de dança nunca tinham visto um cd de dança do ventre original, o que é um absurdo pois não encontramos aí e quando encontramos é um absurdo o preço, abusivo!
Senão temos que encomendar de outros países os cds, o que na minha opnião também é um abuso!
Por que não temos cds e dvds originais pra vender no Brasil? Porque querendo ou não, moram muito mais árabes e descendentes no Brasil do que em qualquer outro país do mundo!
E somos obrigadas a comprar cds piratas pra termos algum cd de dança do ventre decente!
Comprei 2 cds do Hossam Ramzy, Rhythms of the Nile, um cd aonde podemos estudar alguns rítmos e na contra capa ainda vem explicando cada rítmo, olha que maravilha!!!!
E o outro é o Ruby, simplesmente MARAVILHOSO o cd, amei!!!
E a caça aos cds continua...

segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

Maquiagem - Make up

O link do vídeo da maquiagem.

http://www.youtube.com/watch?v=hIN-QNHePqY&feature=player_embedded

Dançando em casa - Losângulo

Esse movimento vem do malabarista, você pensa em 4 pontos: frente, trás, esquerda e direita.
Para facilitar a vida de vocês, vou dividir a explicação em etapas.

1º Projete o quadril a frente, sem medo, passando todo o peso para o peito do pé e também o peso ficará nas 2 pernas;
2º Desça um dos lados do quadril estilo souher (soldadinho) com o peso na mesma perna, e SEM DESLIZAR O QUADRIL PARA LATERAL;
3º Encaixe completamente o quadril, ele ficará no cóccix por completo, o quadril "virará" para cima, peso nas duas pernas no calcanhar;
4º Desça o outro lado do quadril como a 2ª etapa, só que do lado invertido;

São esses os passos que você tem que estudar, mas não pode conecta-los senão ele virará o malabarista, ou seja, você vai de um passo pro outro sem desenhar o círculo. É um passo que requer coordenação motora, ele não é fácil e requer muito treino de vocês.

Nur - Ela faz esse passo bem rápido em 0:21 de costas, e depois repete de frente.

Novidades

Ultimamente estou sem novidades, é período de férias então tá tudo parado, tudo na mesma ainda mais agora que eu estou de férias então aí mesmo que ficarei sem notícias.
Mas 2010 tá aí e acredito que teremos váááriiiiaaas novidades, acontecimentos, aulas imperdíveis, etc.

domingo, 20 de dezembro de 2009

Aviso

Sei que essa semana eu atrasei os posts, mas foi por uma causa mais do que justa... essa foi a última semana antes do espetáculo, ou seja, correria total!
Mas no final das contas tudo deu certo, o espetáculo foi um arraso, vi pessoinhas especiais na platéia, e minhas filhotas mandaram muito!
Vou atualizar o blog!!! \o/
Bjoooooos a todas!

sábado, 19 de dezembro de 2009

Espetáculo

Não poderia deixar de escrever aqui sobre o meu SENTIMENTO com relação ao espetáculo que aconteceu há poucas horas atrás!
Um dia normal de espetáculo, corre-corre, desespero, alfinetes, maquiagem, roupas, perfumes, desodorantes, corridas ao cabeleireiro, celular é peça mais do que fundamental pra nos comunicarmos (mesmo estando no MESMO teatro!!!). E temos que passar a coreografia no palco, e só piora as coisas ou o palco é grande demais, ou muito fundo, ou raso demais, ou muito estreito, enfim sempre tem alguma coisa e sempre bate o desespero no povo, INCRÍVEL!
Aí bate o desespero, como se posicionar no palco? Mas e Fulana que faltou? E Beltrana que tá na frente de Cicrana? Mas como vamos chegar ao outro lado do palco? Podemos passar quantas vezes? Até que horas? Vai mais pra trás da coxia!!! Cuidado pra não se baterem! Olha a invasão de fila! Alonga os braços!!! Que pé de pedreiro é esse? Marquem o meio do palco! Tem buraco no desenho coreográfico! Concentrem-se! Olha a cara de bunda! Sorriam! Olha o Bofe!
Entre várias e várias frasezinhas como estas que escutamos, praticamente SÓ escutamos, no dia da apresentação.
E ainda temos que correr pra comer, siiiiiiiiiiiiiiiiiiiiim... temos que comer, pois saco vazio não para em pé! Depois toma um banho correndo, prepara a pele e começa a maquiagem... pronto, chegamos em um dos pontos mais críticos da T.P.E. (Tensão Pré Espetáculo), como fazer? Quem fazer? Que cor? Eu borrei a maquiagem!!!! Aiiiiiii, tô que nem uma Drag Queen! Precisa ser mais forte!!! Batom vermelho ou pink. Aaah, também temos os acessórios, todo mundo correndo atrás de brincos, pulseiras, colares, tornozeleiras, anéis, predendores de cabelo, tudo que brilhe!
O figurino é quase um parto, um descabelamento aparte, sutiã pequeno, sutiã grande, tá folgado, tá faltando peito, cinto errado, bordado faltando, tudo possível!
E a hora vai chegando, e o nervosismo batendo, o frio na barriga, a fome, o xixi psicológico (hahaha, que é bem real diga-se por sinal!), dá branco.
Enfim, agradeço do fundo do meu coração pelas minhas Bolinhos de Arroz e Pooples, por todo sacrifício, por toda dedicação, pelo respeito, pela responsabilidade, pela preocupação, pelo comprometimento, pela amizade, pelo carinho, pela admiração, pelas risadas, pelos momentos alegres, pelos "gordinhos", pelos "tchans", pelos "olha o bofe!", pelas jogadas de cabelo, e principalmente pelas GRANDES AMIGAS que eu encontrei nesse grupo!
Confesso que eu ainda as escuto me chamando, ainda não desliguei o botãozinho de "mãezona", então estou escutando várias vozes (as de vocês!) me chamando, confesso também que eu briguei muito com vocês, dei bronca, puxei orelha, mas foi por uma causa mais do que justa! Confesso também que eu arrepiei até a alma quando vocês entravam em cena, corrigindo a CADA entrada de cena, quando surgiram os aplausos enquanto vocês dançavam? Eu fui ao céu!!! E o final? Quase chorei, e olha que NENHUMA bailarina me emocionou a esse tanto!
Foi simplesmente M-A-R-A-V-I-L-H-O-S-O! Vocês são as minhas pupilas, meu orgulho!
Muitíssimo obrigada as minhas Bolinhos de Arroz: Aline Nemer, Laila Mendes, Larissa Magalhães, Ana Raquel, Sara Vasconcelos, Laryssa Mâcedo, Heloísa Brito, Bruna Thaís, Juliana Oliveira e Aleandra Maia.
E Muitíssimo obrigadas as minhas Pooples: Caroline Pierrard, Luana Giunti, Debora Gomes, Naiane Castro, Fernanda Cunha, Rosana Cunha, Michelle Nelson, Camila Bonfim e Carla Carol.
Beeeeeeeeeeeeiiiiiijooooooooos meninas, adoroooooooooooooooo vocês! (L)

sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

POST EXTRA - POST EXTRA - POST EXTRA

Geeeeeeeeeeeeeeente!!!
Uma amiga-aluna me mandou esse vídeo e eu simplesmente AMEI!
Quero ser que nem essa senhorinha quando eu crescer!
Eu náo faço 1/3 do que ela faz... o.0'


domingo, 13 de dezembro de 2009

Rafa el Nur

Essa é a minha amiga Rafa El Nur, de Fortaleza, a conheci quando estive em São Paulo no início desse ano, um amor de pessoa!
Enfim, achei esse vídeo por acaso quando eu procurava por vídeos novos de dança do ventre. Gostei da leitura dela, é ímpar do que eu costumo ver, é uma dança suave sem ser chata, sem ser aquela coisa repetitiva, adorei!
Essa foi a primeira vez que eu a vi dançando.

Rafa El Nur


Maquiagem - Make up

Dançando em casa - Andar executando o Tremido

Já falei sobre o tremido em um outro post sobre o tremido e agora vou comentar sobre andar fazendo tremido.
Para entender como isso funciona você tem que pensar como funciona o seu peso enquanto você anda normalmente, como é?
Concorda comigo que por mais que andemos pra frente o peso vai em zig-zag. O tremido começa na duas pernas, no eixo, normal, mantenha o tremido continua em apenas 1 perna e arraste uma das pernas em UM PASSO PEQUENO e comece a passar o peso de uma perna na outra, e quando você fizer isso você começa a fazer o tremido nas DUAS PERNAS assim que você passar o peso para a perna que estiver a frente TODO O TREMIDO tem que TAMBÉM estar na perna da frente, e arraste a perna que estiver atrás, de novo PASSO PEQUENO e repita o mesmo procedimento. E é para ser feito com o tremido solto, o tremido ensinado anteriormente.

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

AVISO AVISO AVISO AVISO!


Por conta do espetáculo, figurino, Pooples e Arroz, viagem, intensivos e outros, o blog ficará um tanto que desatualizado temporariamente.
Vou, infelizmente, atrasar os posts de dezembro, completamente contra vontade, mas tenho que deixar tudo em ordem antes de viajar. \o/
Bjoooooooooooooos a todas!

domingo, 6 de dezembro de 2009

Randa Kamel

Ontem eu resolvi procurar no Youtube se tinha vídeos novos da Randa Kamel, sou fã dela, e encontrei uns vídeos dela em Dallas, Texas, e eu realmente fiquei decepcionadíssima com o vídeo dela por conta de 1 movimento que ela fez, o que mais me decepcionou foi que quem começou a divulgar esse movimento foi uma bailarina brasileira, Soraia Zaied. Num tem a música "Ralando o Tchan" que as mulheres viraram a bunda pra cara do público e tremia, a Randa fez o mesmo!!!
Como assim Randa dançando É o Tchan? Pois é, tem um dvd didático, vou procurar qual e depois eu posto aqui, que ensinam isso mesmo. Sim é um dvd de dança do ventre!!!!
Pow, a dança do ventre está na linha entre o sensual e o sexual e ainda fazem esse tipo de coisa?! Não é querendo ser a puritana na dança de que não pode fazer isso ou aquilo, mas não importa que dança seja isso é vulgar!!! É baixo! Ou a Dança do Créu é uma dança refinada e eu não fui informada?
Caramba, é uma dança com milhares de anos e metem dança da bundinha aí no meio?! Ah não, muito obrigada mas isso eu dispenso!

É o Tchan - 1:30



Randa Kamel - 1:26

Make up - Maquiagem

Uma pequena observação, sei que a dança do ventre é marcada com os olhos super maquiados, e eu particularmente amo, mas existe uma grande diferença entre a maquiagem pra palco e para um chá, restaurante, show aonde o público está cara a cara com a bailarina, é uma agressão maquiagem fortíssima quando o público está perto da bailarinas, e eu não posto maquiagens só pra shows, mas também para as professoras e alunas que usam maquiagem nas aulas, eu não uso pois faço tratamento contra acne então a maquiagem queima a minha pele, arde muito, mas eu sou uma das excessões, e a maioria dessas maquiagens dão para serem usadas no dia-a-dia de cada uma.

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

Dançando em casa - Básico Egípcio

Algumas alunas vieram me perguntar na última semana sobre o básico egípcio que é uma das maiores dificuldades delas como variar, marcação rítmica, e de onde vem a movimentação, porque uma professora disse que o básico egípcio vem da batida lateral (aquele movimento pra se fechar a porta do carro, que batemos o quadril na porta, então esse mesmo!).
NA MINHA OPNIÃO quando você trabalha o quadril pra cima e pra baixo o resultado é completamente diferente de quando você o trabalha com a batida lateral, inicialmente AO MEU VER o básico com batida lateral dá maior ênfase com o movimento pra cima, sai mais natural por conta do posicionamento da perna, mas EU ACHO que assim eu sou obrigada a trabalhar mais a perna que está todo o meu peso, a perna base, E PARTICULARMENTE EU ACHO que limita em relação as variações que podemos fazer com o básico egípcio.
Tá errado básico apartir da batida lateral? NÃO! É só mais uma maneira de trabalha-lo apenas!
Acredito que seja mais prático, pelo menos pra mim, pensar em trabalhar com o quadril seja pra cima ou pra baixo, do que apartir da batida lateral, na leitura de um rítmo, trabalha-lo com os pontilhados (como eu chamo), ou fazendo qualquer tipo de desenho com o quadril.
Tem um vídeo da Fifi Abdou, que vocês vão apagar da vida de vocês o carinha que está na cama assistindo a Fifi dançar, mas vejam o trabalho de quadril que ela executa quando coloca coloca a perna esquerda na cama.

Fifi Abdou
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...