quarta-feira, 9 de setembro de 2009

Dançando em casa - Ovinho

Hoje eu resolvi avançar um pouco mais com relação a nível técnico, vamos para o famosissimo, amado, odiado, usadíssimo OVINHO!!!!
É um dos passos mais usados na dança do qual as alunas SEMPRE querem aprender e pedem, mas também é um dos passos que mais dar dor de cabeça a elas, acredito que só perde pro tremido em quesito PÂNICO DAS ALUNAS.
Já vi 12 tipos diferentes de ovinho, isso mesmo DOZE, UMA DÚZIA, e todos deram resultados MARAVILHOSOS!
Mas vamos pelo mais simples, o mais usado... s'embora pra técnica...

OVINHO:
É importantíssimo que você tenha uma boa noção do peso, aonde coloca-lo nos seus pés.
Abra um pouco as pernas, EU DISSE POUCO, e faça uma meia lua a frente passando o peso de um lado para o outro, CUIDADO PARA NÃO LEVANTAR OS CALCANHARES, ELES DEVEM FICAR SEMPRE NO CHÃO!
É de extrama importância que você não deixe o quadril deslizar para a lateral, mantenha o peso no meio da perna, não deixe de cair pro lado de maneira alguma senão o passo não sairá.
Treine bastante essa meia lua, e ela deve ser muito bem marcada, sendo feita nos ísquios o resultado é melhor ainda. Sustente o peso a frente, em uma perna apenas, e aí faça um "camelo" mas sem EMPINAR O BUMBUM.
Vamos recapitular o camelo pra vocês executarem melhor o ovinho, o camelo você num vai lá na frente, encaixa o quadril, volta com o quadril encaixado e solte-o lá atrás SEM EMPINAR. Então, quando fazemos a meia lua o quadril já está a frente, então sustente-o aí e termine o camelo, e já faça a meia lua para o outro lado e faça de novo o camelo, e assim por diante.
Não é um passo simples, que saíra na primeira tentativa, então a persistência é a melhor coisa, as primeiras tentativas ele sairá torto, desengonçado mas com o tempo e o treino sairá certinho.
Vou procurar um vídeo que dê para ver o movimento perfeito, e posto depois pra vocês.
Qualquer dúvida, trauma, problema, descabelamentos, mandem um email, sinal de fumaça, me procurem que eu ajudo!

4 comentários:

  1. Cara, você é um gênio!
    O dia q eu conseguir escrever como se faz um movimento, ganho o Nobel... auauhauhuaha.
    Eu, particularmente, adoro fazer ovinho, mas não sei explicar lhufas de como faz.
    Só explico ovinho mexido... :D

    ResponderExcluir
  2. Hahauhauhauahauhauhauahauhuahuahauhauhauahuahauhauahuahauhauhauah...
    Cara, aprendi a escrever o passo nos tapas mesmo, e só. Porque quando eu faço workshop eu assisto mais do que executo, ou seja, escrevo e "gravo" no meu HD (Tico e Teco), de vez em qndo eu tento fazer, quando eu vejo que é um movimento mais complicado.
    Agora eu quero ver um vídeo seu fazendo ovinho, porque eu já vi 12 maneiras diferentes de fazê-lo!
    E quero a receita do ovo mexido também... Kkkkkkkkkkkkkkkkkkk!!!

    ResponderExcluir
  3. Oi dunia. Resolvi montar um caderninho com suas "aulas". Aì cheguei da aula e a professora falou rapidamente do ovinho pq ela já tinha dado e eu faltei! Eis que então acho vc falando tbm do ovinho (to lendo seu blog de trás pra frente). Mas não entendi não como é ese seu ovinho! A professora me ensinou assim "meia lua + twist" ou 8horizontal + twist...faz o oito e qnd chega na extremidade, no meio do 8 faz um twist e volta e faz twist de novo.! E AÌ? srsrsr preciso de um vídeo...

    Beijos!!

    ResponderExcluir
  4. Oiiiii flor!
    Fico lisonjeadíssima com isso, de todo o coração mesmo mesmo!!! São variações de ovinho, eu mesma conheço 17 formas de fazê-lo, como os vídeos eram muito precários há pouco tempo atrás então cada um o executava da maneira que interpretava, que "via" a bailarina fazendo. Tá errado?! Não, são modos de se fazer somente!
    Bjo bjo

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...